Vai entender...

Estranho tudo que esta acontecendo comigo. Nunca me senti tão sozinha e cansada na vida. Às vezes, chego a pensar em implorar por atenção, mas acabo ficando na minha. Eu não sei dizer o que mudou, só afirmo que mudou. Um sentimento que sempre esteve aqui, guardado dentro do meu coração. E por mais que as pessoas afirmem, não consigo acreditar no que dizem, já que nunca houve atitude.

Tento, mas às vezes, o orgulho e a insegurança não deixam agir. Quem me criou assim foi à vida. Tantas decepções, tantos tapas na cara, tantas verdades contadas que hoje sou insegura. Continuo sozinha e sem saída. O som do violino é de outros tempos, mas a vida é muito boa aqui, sou feliz onde estou e não olho pra trás, não tenho nenhuma duvida de que aqui é o lugar onde eu deveria estar, hoje, agora.

 

Você fecha os olhos e não vê. Tem a opção de fugir, de sentir, de sonhar, de não perceber. Será que nunca fui boa o suficiente para você? Não dá para afirmar se você também é bom para mim, mas sua inteligência me faz querer continuar. Não consigo entender esse jeito.

 

Indiferença existe. Milhares de quilômetros também. E eu posso cobrar um pouco de atitude e quem sabe, jogar culpa nisso, por nunca ter dado certo. Preciso de coerência, preciso de demonstração. Eu nunca quis nada e você sempre quis tudo. Hoje, sinto sua falta, só por estar longe. Se estivesse perto, cadê a coragem? A saudade é, em si, recordação do que se ama. Não é saudade o que não é amor.

 

Vontade de saber se você conseguiria me fazer feliz. Acredito que sim, já que com sua inteligência, eu aprenderia com você e fico extremamente feliz quando aprendo algo que não sei. Não sei se poderia te ensinar algo, mas garanto que arrancaria um sorriso do seu rosto, mesmo sem esperar.

 

Eu não quero conseguir contar nos dedos os teus defeitos. Imagino que você seja mais independente, que faça coisas por vontade própria. E, se um dia, Deus permitir, você possa jogar tudo para o alto e me fazer feliz. Tenho a nítida consciência de que sou apenas um instrumento para se dar vazão a um sentimento. É um amor intransitivo, que faz de mim recipiente. Descartável, claro.



Injetado por Take Care! às 18h41
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]
 
Take Care




Ana Flávia. Jornalista. Não sou uma pessoa interessante, muito menos apaixonante. Sou grossa e às vezes estúpida. Ao contrário do que possa parecer, eu não sou ranzinza. Sou alegre. Gosto de ser exclusiva. Um pouco possessiva. Sou meio Bridget Jones. Pouquíssimas pessoas me entendem. Muitos amigos. Alguns desafetos. Faço amizade com certa facilidade. Me decepciono muito fácil com as pessoas. Adoro escrever. Adoro maquiagem. Tenho dez cachorros (Pit, Nina, Colin, Lola, Fofão, Mini, Pipito, Filhote, Deise e Rick). Amo os meus e todos os cães do mundo. Morro de medo de perder as pessoas que amo. Adoro ler. Leio bula de remédio, rótulo de qualquer coisa. Gosto de dormir e não gosto que desrespeitem meu sono. Eu gosto de dirigir com chuva. Geralmente amo muito mais do que devo. Vou de um extremo a outro com muita facilidade. Não gosto do orgulho das pessoas e muito menos do meu. Tenho TPM. Não gosto de gatos, nem de pombas. Odeio que me cutuquem. Adoro ar condicionado e ventilador. Cerveja com limão e sal. Adoro falar bobagens. Sou muito inconstante. Espero as coisas virem a mim. Muito raramente sou determinada. Eu falo alto. Amo fotografia. Adoro fazer aniversário. Detesto, com todas as minhas forças, andar a pé. Tenho muita alergia. Pouquíssimas pessoas me surpreendem. Às vezes sou influenciável. Preciso que as pessoas tenham paciência comigo. Tenho uma imaginação pra lá de fértil. Não gosto de decepcionar as pessoas. Uma lata de leite condensado me faz muito feliz.




Meu humor



Histórico
07/03/2010 a 13/03/2010
27/12/2009 a 02/01/2010
25/10/2009 a 31/10/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
09/08/2009 a 15/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Museu das Bonecas
 Impossible
 Fina Flor
 O Livro dos Dias
 Pedro Freire
 Ouça Bem
 Tito Blog
 Landinho
 Elane Rebello
 quem matou a tangerina?