Não tenho e nunca tive a intenção de tornar esse blog um diário pessoal... Mas preciso contar o dia de ontem: Mamis pediu para bancar Jarbas, já que estou de férias e "não faço nada o dia todo". Fomos em vários lugares e no final, passamos em uma loja de cosméticos, para comprar uns cremes, esmaltes e uma chapinha para minha problemática-apaixonada prima de 14 anos. Na maior boa vontade, ofereci para levar o presente para ela, que mora em Várzea Grande, cidade ao lado de Cuiabá. E ainda, no espírito da boa vontade, resolvi dar carona para o pedreiro, Sr. Luis, que estava trabalhando aqui em casa.

 

Durante o caminho, pede para levá-lo até a porta de casa, já que estava com todos os materiais de trabalho e, com certeza, não daria conta de carrega-los. Concordei – realmente muita coisa para carregar – e falei que levaria, mas deixei claro que não sabia andar na Várzea Grande. “Não tem problema não, ‘Frávia’, eu explico”. Quase na metade do caminho, vira e fala: “Acho que esqueci minha mala de roupas na sua casa!”. Voltei, para o Sr. “Esquecido” pegar suas roupas. Na chuva, né? Tem que se molhar!

 

Já estávamos quase no final da cidade e a casa não chegava. – “Mas, Sr. Luís, o senhor não mora, esconde” e ele: “É longe sim, mas a casa é própria, a saúde é boa e... ali na frente tem uma estrada de chão, mais cinco minutinhos”. Cinco minutinhos que viraram vinte. Uma estrada de deixar piloto de rally louco para competir. Mais alguns minutos e muitos buracos, enfim, chegamos.

 

Seguindo as explicações do Sr-Mora-Longe tentei chegar no bairro da minha prima, e claro, o óbvio, fiquei perdida. Eu sei chegar lá, mas pelo caminho que estou acostumada. Fiquei vagando por horas e nada. Até que, para dar mais emoção, um motoqueiro resolve bater no meu carro. Alegou não ter visto a seta. Perguntei se estava bem, verifiquei se o carro tinha amassado e para minha surpresa, nada, só um risquinho vermelho, cor da moto – o mesmo garantiu que com uma boa cera sai tudo - Aproveitei a útil conversa e perguntei se ele sabia como chegar no tal bairro... Explicou mais ou menos e lá vou eu. Vira para a esquerda, pra direita, pra esquerda... A primeira rua tinha duas opções à esquerda, se é que vocês me entendem, comecei a agilizar um mamãe-mandou, quando escuto uma buzina... Era o Sr-Motoqueiro-Desligado, com o braço para cima, indicando a rua certa. E não é que ele me levou até o bairro? Seguindo meu carro, sempre buzinando e indicando com o braço? Adorei!

 

Chegando, contei a história e soltei meu lado mais dramático, a la Maria Del Bairro, la mucha honra! – disse que estava com os pés doendo, de tanto dirigir, que necessitava de uma massagem e minha prima, respondeu não e não. “Ah é? Também não vai ganhar um presente!”. Além de dramática, sou chantagista! Hehe! E como toda pessoa interesseira, ela foi buscar creme para a massagem. Fiquei um tempão lá, conversando e rindo com a minha tia. Foi animado. Eu adoro minha tia, uma das poucas pessoas que, tenho certeza, caminharia de Porto Alegre a Bahia por mim.

 

Por que minha prima é problemática e apaixonada? Explico: ela tem um namorado há sete meses, quando começaram a namorar, ainda tinha 13 anos e, como o pai é e sempre será contra o namoro, ela aproveitou para namorar escondido e aprontou muito. Várias vezes, durante a madrugada, saiu de casa para encontrar o namorado, que tem 19 anos e sonha com um tsunami de cerveja. Sem contar as ligações escondidas do celular do meu tio, que resultaram em uma conta telefônica enorme. Lógico que meu tio proibiu a santa de encontrar com o namorado... E agora, minha tia contou, que ela passa o dia todo aos prantos. Eu morri de dó, sabe? É claro que ela passou dos limites, mas é preciso levar em conta à idade e que é primeiro amor. Todos, sem exceções, já tiveram um primeiro grande amor e sabem como é isso. Tentando aconselhar, falei que era muito nova para namorar, que não vale a pena se arriscar assim, que ele não será o único namorado ela... Resultado? Acabei me irritando com a cabeça dura, que não sabe ouvir e mal agradeceu a chapinha.

 

Já em casa, no meu quarto, abro minha sacada para perguntar (leia-se gritar) para o meu pai o que tinha de janta. Uma surpresa: uma rã pulou no meu braço. Quem me conhece, sabe o meu pavor, o meu nojo, que não consigo nem olhar para fotos desses seres “pulantes”. Se eu gritei? Meu pai só veio correndo e assustado, perguntando se estava morrendo. Ele, que não tem nojo, pegou um pedaço de papel higiênico e na maior tranqüilidade (minha gritaria continuava firme e forte) tirou o ser nojento daqui.

 

Tomei um banho, esfregando loucamente meu braço e, mesmo morrendo de sono, liguei o computador. Resolvi atualizar o blog e confesso, esse texto ficou muito maior do que o esperado. Se tiver algum erro de concordância, português e sei lá mais o que, não liguem... estou quase batendo a cabeça no monitor de tanto ‘pescar’ meu sono, mas sou brasileira e não desisto nunca. Espero que vocês, brasileiros, também não tenham desistido de ler meu dia. Piadinha infame... Culpa do sono. Melhor ir dormir.



Injetado por Take Care! às 03h28
[ ] [ envie esta mensagem ]



Ontem, 23hs, ritual noturno - banho, cremes, perfume e camisola limpa - deito e durmo. As 03hs da manhã, acordo, sem sono. Que raiva de perder o sono, viu. Ligo a TV e nada interessante, pego um livro - mas cadê a paciência? - ligo o computador, foto de Saddam com pescoço quebrado, Reynaldo Gianecchini mostra um bronzeado invejável, Big Brother Brasil e blá, blá, blá. Cansei de internet. 05hs da manhã, resolvo sair na minha sacada, para ver o céu e observo a lua e dois grandes círculos em volta da mesma. A lua no meio, um circulo azul bem escuro e em volta desse circulo azul, um outro circulo mais claro. Fiquei assustada e curiosa, querendo saber o que era. Volto para o computador, Google (Santo Google que faz de mim uma pessoa melhor e mais feliz) e descubro que os anéis formados ao redor da lua são cristais de gelo que, geralmente, indicam a vinda de uma chuva.

 

Olha, li que esse fenômeno é frequente. Se quiserem saber mais: aqui e aqui. Recomendo! É bem bonito!



Injetado por Take Care! às 13h15
[ ] [ envie esta mensagem ]



Christina Aguilera: ela veio para ficar. 
 

Cantora, compositora, produtora, ganhadora de prêmios Grammy, com mais de 40 milhões de álbuns vendidos, Christina Aguilera é conhecida como a “Menina do Vozeirão”, apelido que ganhou por apresentar-se em diversos festivais e festas, ainda criança.

Começou a sentir o gosto da fama em 1990, quando participou do programa americano Star Search, cantando uma música de Ella Fitzgerald. Em seguida, Aguilera foi convidada para apresentar a mesma canção, em outro programa “TV´s Wake Up”. E a pedidos do público, também cantou “Vision of Love”, surpreendendo a todos, por alcançar todas as notas, incluindo o famoso agudo, marca registrada de Mariah Carey.

 

Em 1993, virou uma das apresentadoras do extinto programa “The Mickey Mouse Club”, que já contava com a participação de Britney Spears, Jutin Timberlake, Kery Russel, entre outros. Depois de apresentar “I Have Nothing”, clássico de Whitney Houston, ganhou o posto de diva do programa, afirmando-se como um futuro grande talento.

Depois de grande notoriedade, com a gravação de “Reflection”, tema do filme “Mulan”, dos estúdios Walt Disney, assinou contrato com a "RCA/BMG Records", e gravou seu primeiro álbum, entitulado com seu nome, que foi um enorme sucesso. Lançado em 1999, "Christina Aguilera", alcançou o topo da Billboard vendendo mais de 16,5 milhões de cópias em todo o mundo.

Em 2000, a cantora lançou um álbum voltado ao mercado latino, totalmente em espanhol, “Mi Reflejo”, o álbum trouxe versões de algumas músicas e outras canções inéditas. O álbum foi topo da Billboard latina e entrou para o Top 10 da Billboard oficial.

Em maio de 2001, Christina, juntamente com Pink, Mya, Lil´Kim e Missy Eliot, interpretou um clássico dos anos 70: “Lady Marmalade”, para a trilha sonora do filme Moulin Rouge. A canção ficou em primeiro lugar em mais de 50 países e rendeu certificação de disco de ouro, platina e platina duplo.

Seu segundo álbum, Stripped, foi lançado em 2002 e contou com influências variadas, que iam de jazz ao hip-hop, passando pelo gospel, soul e R&B. A música ‘Beautiful”, se tornou sucesso radiofônico por todo o mundo, conquistando o topo da Billboard por 10 semanas. 'Stripped' ainda teve mais quatro singles lançados nos anos seguintes: “Dirrty”, "Fighter", "Can't Hold Us Down", and "The Voice Within".

 

Depois de apresentar o “Europe Music Awards”, maior premiação da MTV européia, Christina foi considerada a “Melhor Artista Pop”, de 2003 pela BillBoard e “Artista do Ano”, pela revista Rolling Stone. Além de sua turnê, Stripped Tour, ter sido eleita a melhor do ano.

Influenciada pelas décadas de 20, 30 e 40, Aguilera lança em 2006, “Back To Basics”, seu terceiro álbum, que, com apenas dois dias de lançamento, se tornou o mais vendido em mais de 15 países. O primeiro single “Ain´t No Other Man” foi sucesso garantido e Aguilera foi convidada a se apresentar no MTV Vídeo Music Awards, lançando seu segundo single, a balada “Hurt”. Em novembro de 2006, Aguilera começou a turnê 'Back to Basics Tour' pela Europa.

Com o mundo aos seus pés, Christina Aguilera, sabe muito bem o que quer. Segue seu coração e pretende permanecer na música por muito tempo. Sorte nossa!

 



Injetado por Take Care! às 14h00
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]
 
Take Care




Ana Flávia. Jornalista. Não sou uma pessoa interessante, muito menos apaixonante. Sou grossa e às vezes estúpida. Ao contrário do que possa parecer, eu não sou ranzinza. Sou alegre. Gosto de ser exclusiva. Um pouco possessiva. Sou meio Bridget Jones. Pouquíssimas pessoas me entendem. Muitos amigos. Alguns desafetos. Faço amizade com certa facilidade. Me decepciono muito fácil com as pessoas. Adoro escrever. Adoro maquiagem. Tenho dez cachorros (Pit, Nina, Colin, Lola, Fofão, Mini, Pipito, Filhote, Deise e Rick). Amo os meus e todos os cães do mundo. Morro de medo de perder as pessoas que amo. Adoro ler. Leio bula de remédio, rótulo de qualquer coisa. Gosto de dormir e não gosto que desrespeitem meu sono. Eu gosto de dirigir com chuva. Geralmente amo muito mais do que devo. Vou de um extremo a outro com muita facilidade. Não gosto do orgulho das pessoas e muito menos do meu. Tenho TPM. Não gosto de gatos, nem de pombas. Odeio que me cutuquem. Adoro ar condicionado e ventilador. Cerveja com limão e sal. Adoro falar bobagens. Sou muito inconstante. Espero as coisas virem a mim. Muito raramente sou determinada. Eu falo alto. Amo fotografia. Adoro fazer aniversário. Detesto, com todas as minhas forças, andar a pé. Tenho muita alergia. Pouquíssimas pessoas me surpreendem. Às vezes sou influenciável. Preciso que as pessoas tenham paciência comigo. Tenho uma imaginação pra lá de fértil. Não gosto de decepcionar as pessoas. Uma lata de leite condensado me faz muito feliz.




Meu humor



Histórico
07/03/2010 a 13/03/2010
27/12/2009 a 02/01/2010
25/10/2009 a 31/10/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
09/08/2009 a 15/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Museu das Bonecas
 Impossible
 Fina Flor
 O Livro dos Dias
 Pedro Freire
 Ouça Bem
 Tito Blog
 Landinho
 Elane Rebello
 quem matou a tangerina?